Problemas e cuidados urinários para o seu animal de estimação

perro-gato-imagen-listado-urinary-1

A doença do trato urinário inferior nos cães e gatos é uma forma de denominar um grupo de doenças complicadas e com causas e sinais clínicos muito diversos.

Doenças do trato urinário inferior mais comuns em animais de estimação

Há uma certa convicção de que a doença do trato urinário inferior é exclusiva dos gatos, mas não é bem assim, pois os cães também podem sofrer desta doença, embora os transtornos possam ser diferentes de espécie para espécie.

.

Doença do trato urinário inferior em gatos

  • Cistite idiopática felina. Esta doença, que talvez conheça melhor por infeção de urina ou infeção urinária, afeta a bexiga urinária e outros sistemas, tais como o trato gastrointestinal e a pele. Carateriza-se por provocar crises dolorosas autolimitantes e a sua causa é totalmente desconhecida, daí que seja considerada “idiopática”. O pior desta doença é que o stress no gato a torna muito recorrente.
  • Urolitíase. Consiste na cristalização dos minerais presentes na urina e talvez lhe seja mais familiar se dissermos que se trata de cálculos urinários felinos.
  • Obstruções uretrais. Seja devido à presença de um cálculo urinário, de uma inflamação ou de espasmos, entre outras causas, as obstruções uretrais provocam sempre a incapacidade de urinar.

Doença do trato urinário inferior em cães

  • Infeção do trato urinário. As principais causas são as bactérias do intestino e os sintomas mais comuns são micções frequentes, dor e presença de sangue na urina.
  • Incontinência. Perdas involuntárias de urina provocadas pela disfunção da bexiga ou da uretra ou por uma perturbação neurológica.
  • Urolitíase. Tal como no gato, trata-se da cristalização de alguns minerais na bexiga, por exemplo, estruvite, oxalato de cálcio, cistina e urato, sobre a qual pode obter mais informações no nosso artigo “Cálculos urinários nos cães”.

Sintomas da doença do trato urinário inferior em cães e gatos

Se observar que o seu cão, ou o seu gato, apresenta sangue na urina, dificuldade em urinar, dor ao urinar, necessidade de urinar com frequência ou micção em locais inadequados, deve levá-lo ao veterinário.

imagen-signos-clinicos-urinary-circulo-pt

Por vezes, os sintomas da doença do trato urinário não são detetados, por isso é importância fazer exames regulares ao nosso gato e ao nosso cão.

Causas e fatores de risco da doença do trato urinário inferior

  • No gato: excesso de peso, dieta inadequada, esterilização nos machos, falta de exercício e stress.
  • No cão: infeções bacterianas, sexo feminino, excesso de peso, dieta inadequada e estilo de vida sedentário (sai pouco para passear, o que faz com que urine com menos frequência do que a desejável).

Diagnóstico e tratamento da doença do trato urinário inferior

Para fazer um diagnóstico correto, o veterinário precisará de conhecer o estilo de vida, a idade e o peso do seu animal de estimação, bem como se apresenta sangue na urina, dificuldade em urinar, dor, etc.

Uma vez realizado um diagnóstico por parte do veterinário, só ele deve determinar o tratamento adequado para o seu animal de estimação, incluindo, se considerar conveniente, uma alimentação adaptada.

Alimentação adequada para a doença do trato urinário inferior do gato e do cão

Cada espécie deve comer um alimento específico, mas todas as fórmulas da Royal Canin:

  • Estão adaptadas aos problemas e às principais comorbilidades da doença do trato urinário inferior.
  • São clinicamente testadas para garantir a sua eficácia.
  • Têm elevada palatabilidade para que o seu animal de estimação desfrute mais em cada refeição.
  • Contêm proteínas de alta qualidade.
  • Contêm um teor equilibrado de minerais para evitar a formação de cálculos.

Soluções nutricionais à medida para a saúde do trato urinário do gato

soluciones-control-peso-gato-urinary-pt

Soluções nutricionais à medida para a saúde do trato urinário do cão

soluciones-control-peso-perro-urinary-pt

O cuidado com a saúde urinária do seu animal de estimação deve ser constante

É provável que pense que o seu gato, ou cão, está totalmente saudável quando desaparecem os sintomas da doença do trato urinário inferior, mas há muitos casos em que a saúde urinária do animal precisa de cuidados contínuos, entre os quais a manutenção de um estilo de vida ativo e a alimentação adaptada recomendada pelo seu veterinário.

Isto é fundamental para evitar a recorrência da doença do trato urinário inferior:

  • Leve o seu animal de estimação regularmente ao veterinário para fazer controlos.
  • Certifique-se de que o seu animal de estimação bebe água suficiente. Para que isso aconteça deve ter sempre água limpa e fresca à sua disposição. Isto é ainda mais importante nos gatos.
  • Controle a cor da urina do seu animal de estimação; por exemplo, se é muito escura ou tem uma tonalidade rosada ou avermelhada. Neste último caso, é devido à presença de sangue.
  • Controle os fatores externos que favorecem o surgimento de problemas urinários, por exemplo, o stress, o excesso de peso, o sedentarismo, etc.
  • Em relação à alimentação, o seu veterinário certamente recomendará uma dieta mista, ou seja, a combinação de alimento seco e húmido para um maior fornecimento de líquido, bem como o tipo de alimento adequado para o estado de saúde do seu animal de estimação.

Mas informações em:

IMPORTANTE:

AS MESMAS CAUSAS PROVOCAM SEMPRE AS MESMAS CONSEQUÊNCIAS.