A importância da água

gfhzyw

Existem vários mitos sobre a relação do gato com a água, nomeadamente que a odeiam de morte e que bebem muito pouco.

É verdade que, devido às suas origens e hábitos naturais, o gato é uma espécie que não necessita de uma grande quantidade de água, mas isso não significa que não deva bebê-la, bem pelo contrário, o gato deve sempre ter à disposição água limpa e fresca, de preferência em várias partes da casa e afastada do local onde tem a areia higiénica.

Além disso, existem vários fatores que influenciam a quantidade de água que o gato bebe. Um dos mais importantes é a temperatura ambiental, mas também influenciam a quantidade de exercício, o tipo de alimento, o estado fisiológico e a saúde.

Dado que a água é um nutriente fundamental para a vida, é imprescindível para a saúde do gato, uma vez que participa em todas as funções fisiológicas do organismo, entre as quais se destaca a regulação da temperatura corporal.

Outras funções da água importantes para a saúde do gato são que transporta os nutrientes ao longo do organismo e dilui a urina (protegendo o gato contra a formação de cálculos urinários).

Para termos uma ideia da importância da água no organismo, devemos saber que representa 85 por cento do sangue, 75 por cento da massa muscular e 50 por cento do esqueleto.

Se a água é importante para a vida do gato, também o é o recipiente onde é colocada. A este respeito, os melhores materiais são os que não são porosos, como o vidro, a porcelana ou o aço inoxidável. Desta forma, não se alteram as propriedades da água.

Outro mito acerca da relação do gato com a água é que este não suporta dar banho. Isto é, regra geral, verdade, devido aos hábitos naturais dos gatos, mas qualquer gato que esteja acostumado desde pequeno tolerará bem que se lhe dê banho. Da mesma forma, um gato selvagem cujo ambiente o obrigue a meter-se na água não terá nenhuma objeção em fazê-lo.

Existe outra forma de abastecimento de água para o organismo diferente da que bebe. Este é o caso dos alimentos húmidos, como os que desenvolveu a Royal Canin, que ajudam o gato a nutrir-se e a hidratar-se, enquanto desfruta da sua comida.