Higiene oral

Higiene dental

É impossível imaginarmo-nos sem escovar os nossos dentes, mas e se pensarmos nos nossos cães, será que cuidamos realmente da sua higiene oral?

Uma higiene oral adequada reduz o risco de problemas da boca, como a doença periodontal, que, para além de afetar os dentes e a estrutura que os suporta, pode extender-se a outros órgãos, tais como os rins, o coração ou o fígado.

A escovagem diária é o método mais eficaz para prevenir o desenvolvimento de placa bacteriana e a formação de tártaro, mas só será possível realizá-la se o cão for habituado desde cachorro, de forma a tornar-se algo positivo e que o cão a associe a uma das suas rotinas diárias.

Quando esse método não for possível, podemos utilizar alimentos e barras benéficas para os dentes. São produtos especialmente formulados para facilitar a higiene oral, uma vez que têm uma forma, um tamanho e uma textura específicos para promover a mastigação. Graças às suas características consegue obter-se o efeito mecânico da escovagem, ao mesmo tempo que se inclui uma série de princípios activos que atuam contra o tártaro e placa dentária.

Qualquer que seja o método que optemos, o importante é dar continuidade ao seu uso, de forma constante a que o incorporemos nos cuidados diários do animal.