Devo dar cálcio ao meu cachorro?

¿Debo dar calcio a mi cachorro?

Se o alimento do cachorro for de boa qualidade, e for formulado especialmente para a sua idade e tamanho, não só não é necessário, como uma ingestão adicional de cálcio é prejudicial, já que um dos principais fatores de risco para os cães em crescimento é o desequilíbrio entre o cálcio e o fósforo.

Durante a fase de desenvolvimento, as necessidades de cálcio dependem da idade do cachorro e o seu ritmo de crescimento (isto é, o tamanho e o peso estimados em adulto).

A ingestão excessiva de cálcio provoca hipercalcemia, que está diretamente envolvida no desenvolvimento de certas doenças tais como a osteocondrite, o rádio curvo e a síndrome da instabilidade das vértebras cervicais.

Antes dos 6 meses de idade, o cachorro é incapaz de se proteger do excesso de cálcio e absorve passivamente 50 por cento do total ingerido, independentemente da sua quantidade.

Em geral, deve-se evitar suplementos nutricionais, no caso do animal estar a consumir um produto de alta qualidade especialmente formulado para as suas necessidades, já que a adição de minerais irá desequilibrar o alimento e o cachorro poderá sofrer perturbações durante o seu crescimento.

Lembre-se, a ingestão inadequada de cálcio e fósforo provoca danos no crescimento ósseo e aumenta o risco de aparecimento de perturbações no crescimento.