Cuidados e tratamento dispensados ao cachorro

cabecera-cachorro-cuidados-mantenimiento

Todos os cuidados que possa dispensar durante a fase de crescimento do cachorro têm influência na sua qualidade de vida e garantem a sua saúde. A alimentação tem uma importância crucial, como já sabe, tal como muitos aspetos relacionados com a higiene, nomeadamente os banhos e o cuidado com os olhos e os ouvidos.

A seguir vai encontrar resposta a questões tão importantes como a higiene dos olhos e das orelhas, a queda dos dentes, a necessidade e a altura certa para o banho do cachorro e também a importância de este estar identificado.

icono-identificacion-cuidados-mantenimiento-cachorro

Identificação do cachorro

Depois de concluir as vacinas, o seu cachorro tem de sair e passear todos os dias para fazer exercício e sociabilizar. Como este momento de divertimento implica o risco de se perder, a melhor maneira de o recuperar é ele estar identificado.

Atualmente o método de identificação mais usado é o microchip, que além de ser muito útil para recuperar um animal, permite a existência de um registo da população canina, motivo pelo qual é obrigatório.

  • A implantação do microchip realiza-se mediante uma injeção no pescoço e costuma coincidir com o período de vacinação, apesar de se poder fazer em qualquer outra altura.
  • O microchip fica debaixo da pele do cachorrinho e o conteúdo deste (um número de identificação único que está associado aos dados do proprietário num  arquivo digitalizado) pode ser descodificado com um leitor sempre que for preciso. Desta forma, quando alguém encontra um cão que se perdeu, pode levá-lo a uma clínica veterinária para lhe passarem o leitor, aceder ao seu número de identificação e contactar com a central de dados, que por sua vez indicará qual a forma de localizar o proprietário.
  • Nunca será demais que a coleira tenha uma chapa ou outro identificador com o seu nome e o seu número de telefone, para que possam entrar em contacto consigo de uma forma quase imediata.
banos-cepillados-cuidados-mantenimiento-cachorro

Banhos e escovagens do cachorro

O pelo do seu novo cachorro não pode estar em perfeitas condições se não receber três cuidados básicos: uma boa alimentação adaptada às suas necessidades, escovagens regulares de acordo com as características do pelo e banhos periódicos para mantê-lo sempre limpo.

Não há forma de manter a saúde da pele e o aspeto lustroso do pelo do cachorro se ele não comer um alimento adaptado às suas necessidades. Como este aspeto vai ser tratado noutra secção, aqui vamos analisar tudo o que está relacionado com os banhos e a escovagem.

  • Qual a razão para dar banho ao cachorro e como fazê-lo. Apesar de um cão viver dentro de casa, o pelo e a pele sujam-se pouco a pouco. Esta sujidade tem de ser retirada e o banho é um muito bom método.
    • A frequência do banho depende do grau de sujidade, da idade e do tipo de pelo. Geralmente, o banho do cachorro deve reservar-se para casos de muita sujidade ou para eliminar parasitas externos com champô.
    • Tenha em conta que o banho significa o risco de apanhar frio, nada adequado para um cachorro.
    • Dê banho ao seu cachorro com água morna e depois tire o excesso de água com uma toalha. Para certificar-se que o seu cachorro fica completamente seco depois do banho, utilize um secador ou um método que lhe garanta uma boa secagem, de forma a não apanhar frio.
    • Outra coisa muito importante é seguir as indicações do veterinário caso tenha vacinado o seu cachorro há pouco tempo e este precisar de tomar um banho.
    • Utilize produtos especiais para cachorros porque o pH da pele dele é diferente do nosso.
  • Qual a razão para escovar o cachorro e como fazê-lo. Independentemente do tipo de pelagem, os cães mudam de pelo. Se passarem muito tempo ao ar livre, mudam o pelo duas vezes por ano (primavera e outono), mas se viverem dentro de casa mudam-no durante o ano inteiro, porque as mudanças de luz estacionais não os afetam tanto (apesar da mudança ocorrer sempre de uma forma mais intensa no outono e na primavera).
    • A escovagem é muito importante porque contribui para a eliminação dos pelos mortos e, inclusive, da sujidade superficial.
    • A frequência e o tipo de escova a utilizar dependem do tipo de pelo. Geralmente, para os cachorros de pelo curto pode ser suficiente uma ou duas escovagens por semana, enquanto que para os de pelo comprido é preciso escová-los todos os dias.
    • Se no início o seu cachorro não se deixar escovar, não desespere e insista, pois quando for adulto vai precisar e esta é a altura para começar a habituá-lo.
    • Se notar que o cachorro tem a pele seca, coça-se muito, mostra alguma erupção ou, inclusive, aparecimento de caspa, consulte o veterinário, pois os problemas na pele dos cachorros têm de ser supervisionados por um especialista em saúde animal.
orejas-ojos-cuidados-mantenimiento-cachorro

Cuidados a ter com as orelhas e os olhos do cachorro

A audição e a visão são dois sentidos que o cachorro utiliza para aprender e para se relacionar com o seu meio ambiente. Por isso, os ouvidos e os olhos do cachorro precisam de cuidados de rotina.

  • Cuidados a ter com as orelhas e os ouvidos do cachorro. A higiene de rotina das orelhas e dos ouvidos do cachorro é muito importante para mantê-los saudáveis:
    • O canal auditivo do cão tem forma de cotovelo, o que dificulta a expulsão da sujidade, ao mesmo tempo que favorece o desenvolvimento de bactérias, fungos e parasitas. Isto agrava-se nos cães com orelhas muito compridas e caídas.
    • Para prevenir infeções auditivas nos cachorros, as tão dolorosas otites, faça controlos regulares em casa, observando a cor da pele das orelhas e a eventual existência de secreções e cheiros estranhos.
    • Pode fazer limpezas periódicas, com uma gaze humedecida passando-a por entre as pregas e as rugas. Para o canal auditivo pode utilizar soluções específicas para os ouvidos dos cachorros seguindo as indicações do fabricante ou do veterinário. Nunca deve utilizar cotonetes.
    • Também não se deve esquecer de secar os ouvidos do seu cachorro depois do banho, no caso de ele entrar numa piscina ou se sair num dia de chuva.
    • Se vir que o seu cachorro coça as orelhas com intensidade ou detetar alguma alteração, como por exemplo caspa, o melhor é consultar o veterinário, que lhe vai indicar o tratamento adequado quando for preciso.
  • Cuidado e higiene dos olhos do cachorro. O cuidado dos olhos é fundamental para manter a sua saúde e deve ser uma rotina diária desde que é um cachorro:
    • É melhor verificar os olhos do cachorro diariamente para limpar as ramelas e certificar-se de que não há descargas, inflamação ou outra alteração que precise de um tratamento específico.
    • Se ficarem depósitos de ramela num ângulo interno e na parte externa do olho, dependendo da raça ou do tipo de pelo do cão, deve eliminá-los com uma gaze humedecida com água ou soro fisiológico e secar com um papel suave. Reserve o uso de soluções oculares apenas quando for  recomendado pelo veterinário.

Unhas e dentes do cachorro em perfeito estado

Sabia que é possível limpar os dentes do cachorro e cortar-lhe as unhas?  Em ambos os casos, é fundamental habituá-lo desde pequeno e ter muita paciência se quiser estabelecer estas rotinas ao longo da vida inteira.

  • Corte das unhas do cachorro. O cão precisa que lhe cortem as unhas, mesmo que faça exercício suficiente. Normalmente o desgaste provocado pelas superfícies duras não costuma ser suficiente e afeta apenas as unhas dos dedos plantares.
    • Os cachorros têm um dedo alto nas patas dianteiras, equivalente ao nosso polegar, com a correspondente unha. Outros têm também esporões nas patas traseiras com a respetiva unha. Estas unhas nunca se desgastam e, por isso, é preciso cortá-las regularmente.  O método a seguir é o mesmo que para as outras unhas.
  • Cuidados dentais do cachorro. A dentição dos cachorros começa quando aparecem os dentes de leite, a partir da terceira semana de idade. Estes dentes permanecem até aos 4 meses, mas:
    • Apesar dos dentes do cachorro serem provisórios, deve começar a tratar da sua higiene bucal  o mais cedo possível.
    • Comece de forma gradual e o mais cedo possível, tentando que seja uma coisa agradável, tanto para o cachorro como para si. Desta forma ele vai habituar-se e depois vai deixar que lhe escove os dentes sem grandes complicações.
    • O objetivo da higiene oral é evitar a formação da placa dentária e, com ela, o aparecimento de sarro. A forma mais eficaz de escovar os dentes do seu cachorro é utilizando uma escova desenhada especialmente para cães. Deve fazer isto diariamente.
    • Recomendamos-lhe a utilização de pasta dentrífica para cães, porque as características desta permitem uma escovagem mais prolongada e, portanto, mais eficaz.
    • Se tiver alguma dúvida enquanto o seu cachorro está a mudar os dentes, ninguém melhor do que o veterinário para responder às suas questões.
icono-carino-disciplina-cuidados-mantenimiento-cachorros

Carinho e disciplina não são incompatíveis

Às vezes é bastante difícil repreender um cachorrinho. Aquela carinha derrete-lhe o coração! No entanto, lembre-se que um cachorro precisa de saber quais são os limites, o que é que lhe permitido fazer e o que não pode mesmo fazer. Por isso, recomendamos-lhe a secção Conselhos de treino para cachorros.