Aceita que a Royal Canin utilize cookies?
O nosso site utiliza cookies, de acordo com os termos e condições. Se continuar a navegar no nosso website vamos assumir que aceita que usemos cookies. Alguns poderão já ter sido definidos. Se preferir limitar a nossa utilização de cookies, defina as suas preferências aqui.

  • Cookies essenciaisObrigatório para o funcionamento do website
  • Cookies opcionaisInclui Google Analytics, que recolhe informações anónimas dos visitantes

Home > O seu cão > Sobre o seu cão > Alimentação > Alimentação caseira ou industrial

Alimentação caseira ou industrial

Para suprir as necessidades nutricionais do seu cão, dispõe de diversos tipos de alimentos: preparações caseiras ou alimentos completos industriais (secos ou húmidos).

Alimentação caseira ou industrial: seleccione um dos temas

Alimentação caseira

area_cao_alimentacao02

Trata-se de uma refeição preparada por si com base em ingredientes tais como, arroz, carne e legumes. Se o tempo de preparação é frequentemente recompensado pelo reforço da ligação afectiva, tem como inconvenientes o factor custo, e principalmente, a dificuldade de conseguir uma mistura equilibrada que contenha as proporções correctas de proteínas, lípidos, cálcio, fósforo, fibras, vitaminas e oligoelementos. Se a alimentação não contiver as quantidades suficientes e equilibradas de todos esses nutrientes por forma a suprir as necessidades do seu cachorro, poderão ocorrer carências nutricionais graves e dar origem a anomalias de crescimento muito prejudiciais ao desenvolvimento harmonioso do cachorro.

Alimentação industrial

Os alimentos preparados industrialmente são completos, equilibrados e contêm todos os nutrientes de que o seu cachorro precisa durante a fase de crescimento. Obedecem também a uma regulamentação sanitária semelhante à da alimentação humana.

Alimentos secos (croquetes): Os alimentos secos contêm um teor de água inferior a 14% (de 8 a 10% no caso dos alimentos secos de alta qualidade). São alimentos completos e equilibrados que fornecem todos os nutrientes indispensáveis ao seu animal (proteínas, lípidos, hidratos de carbono, minerais e vitaminas). A qualidade das matérias-primas e o rigor do processo de fabrico permitem a comercialização de alimentos de grande digestibilidade e elevada precisão nutricional. São alimentos económicos, que não requerem qualquer preparação adicional e são de fácil doseamento.

Alimentos húmidos: Contêm em média 80% de humidade. Devido a esse facto, uma vez abertas as latas o seu tempo de conservação é bastante reduzido e representam um custo anual superior ao dobro do valor dos croquetes.

Alimentos semi-húmidos: Contêm 30 a 60% de água. São semi-conservas estabilizadas através da incorporação de conservantes tais como glicerol, propilenoglicol ou ácido sórbico.

   

Vantagens e inconvenientes dos diferentes tipos de alimentação canina:

Tipo de alimentação industrial
Vantagens
Desvantagens
Alimento seco (croquetes)

area_cao_alimentacao_tabela01

Não sofre alteração depois da abertura. Mais nutritivo e mais económico do que os alimentos húmidos. Rapidez de distribuição. Administração prática. Boa conservação quando servido em regime «self-service»

Requer ingestão de água. Sofre alterações quando conservado num local húmido.

Alimento semi-húmido

area_cao_alimentacao_tabela02

Grande apetência. Embalagem prática para dosagem diária.

Requer frequentemente a conservação num frigorífico ou congelador. Alteração a partir do momento da abertura da embalagem, sofre alterações quando mantido num local húmido. Fonte de intolerância digestiva para alguns cães.

Alimento húmido (conserva)

area_cao_alimentacao_tabela03

Fácil conservação, embalagem duradoura. Grande apetência.

Custo elevado (nutrientes diluídos em água). Transporte e armazenamento difíceis. Pouco prático para utilização «self-service». Alteração quando aberta a embalagem.